Prémio

EscOlar

AEPC2019

enviado a | 06.06.2019

EB2,3 Júlio Brandão

Equipa: Sempre Unidos pelo Património

school@património edificado.salvaguardado

Descrição

O interesse em participar no prémio escolar 2019 deve-se ao facto dos alunos do 7º12 do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão estarem sensibilizados para as questões do Património Cultural. No ano letivo transato, os alunos Ana Bernardino, Ana Claúdia Pereira, Inês Silva, Rodrigo Freitas e Sofia Fernandes do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco desenvolveram um projeto etwinning: “Culture Street N01” em que abordaram o património local e europeu, trabalhando com diversas escolas europeias. Quando souberam deste concurso mostraram-se disponíveis e bastante motivados para arrancar com mais um desafio a favor do Património Cultural. Trabalhámos em contexto de atividade extracurricular à segunda segunda feira, à tarde, na escola, para pesquisar e juntos colaborármos para a concretização do projeto, que pretendemos difundir, no próximo ano letivo, na Biblioteca da nossa escola, através de um evento com a exposição do trabalho realizado e a visualização do vídeo,. O principal objetivo do projeto é a promoção do Património Cultural Material: Móvel e Imóvel, de bens imóveis: as bibliotecas Joanina e Clementinum, enquanto edifícios de interesse cultural arquitetónico barroco e espaços que abarcam tesouros literários e arquivísticos, que devem ser preservados. Espaços de memória viva que devemos proteger e recriar, pois refletem valores de antiguidade, de singularidade, raridade…

Como cidadãos ativos pretendemos, mais uma vez, contribuir para a conservação, valorização e divulgação do Património em que todos nós estamos incluídos através de responsabilidades partilhadas e compromissos tangíveis.

Acreditamos que o impacto do nosso trabalho é grande porque é assente nos pilares da UNESCO: aprender a ser, aprender a conhecer; aprender a fazer e aprender a viver juntos.

património nacional

património europeu